Amiga, seja forte! Eu te amo

Amiga, tu és foda. Tu és uma mulher do caralho. Eu te amo, porra! E então ganhei um abraço. Daqueles bem forte. No meio de um monte de gente no brilho. 😛 Cara, eu não fazia a mínima ideia do que ela estava falando. Oi? Ela, então, recuou: não, deixa pra lá! Eu insisto: vai, … Continue lendo “Amiga, seja forte! Eu te amo”

Coisa boa isso que se chama amigo

Coisa boa isso que se chama amizade. É essa mania de querer estar perto quando se está longe. E ficar com raiva porque quando está perto sempre rola uma discussão para querer se estar longe de novo. Ou aquele ciúme sem sentido porque seu amigo arranjou um novo amigo. Vai, pode ir com esse novo … Continue lendo “Coisa boa isso que se chama amigo”

A imensidão dos nossos sentimentos

Dia desses recebi uma imagem no grupo da família. Era mais uma destas fotos que, a princípio não dizem nada, mas, no fundo, representam muito. Na margem de um rio, um banquinho de madeira. Minha mãe respondeu: “vendo esse banquinho, essa paisagem, vejo a imensidão dos nossos sentimentos”. Aquilo me fez pensar. Pensei. Pensei. Pensei … Continue lendo “A imensidão dos nossos sentimentos”