Deixar livre para voar e a lei do amor próprio

“Eu amo você. Mas me amo muito mais. E sei o momento que devo partir. E, por te amar, vou te deixar livre para voar”, eu disse. Nunca pensei que fosse tão difícil dizer adeus em tempos de tanto apego. Não imaginava que seria tão incômodo abrir a gaiola e finalmente entender que as pessoas … Continue lendo “Deixar livre para voar e a lei do amor próprio”